Vídeo mostra briga entre morador branco e motoboy negro em Porto Alegre

  • 24/02/2024
(Foto: Reprodução)
Os dois foram indiciados por lesão corporal. O motoboy, também por desobediência por ter resistido à prisão. Sindicância da Brigada Militar (BM) atestou que não houve racismo por parte dos policiais durante a abordagem, mas transgressão disciplinar pela forma que conduziram o motoboy. Vídeo mostra briga entre morador branco e motoboy negro em Porto Alegre A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Rio Grande do Sul divulgou, durante coletiva nesta sexta-feira (23), um vídeo gravado pela câmera de segurança de um prédio que mostra a briga entre o morador branco e o motoboy negro que aconteceu no dia 17 de fevereiro em Porto Alegre. (Veja o vídeo acima) 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp O vídeo registra o momento em que Sérgio Camargo Kupstaitis, morador do prédio, sai do local armado com um canivete e caminha em direção onde Everton Henrique Goandete da Silva, motoboy, estava. As imagens não registram a agressão cometida por Kupstaitis contra Silva, mas ele admitiu em depoimento à Polícia Civil que desferiu um golpe com o canivete contra o motoboy. O motivo seria o local onde ele estava, em que geralmente motoboys ficam enquanto aguardam serem chamados para prestar serviço de delivery. Kupstaitis estaria incomodado com a situação. Após, a câmera de segurança registra o momento em que Silva atira pedras contra Kupstaitis, que ainda está armado com o canivete. A briga segue até o momento em que Kupstaitis vai para dentro da área da frente do prédio e fecha o portão. Silva vai até lá e algumas pessoas aparecem para tentar acabar com a briga. Pouco depois, a Brigada Militar (BM) chega ao local. O advogado Ramiro Goulart, que representa Everton, lamentou a "ausência de imagens da agressão inicial de Sérgio". "O recorte dos fatos tentou desqualificar a resposta de Everton à agressão por ele sofrida, desconsiderando as intenções de Sérgio e Everton, bem como o fato de Everton somente ter se defendido, como disseram as testemunhas", diz o defensor. Briga entre homem branco e homem negro em Porto Alegre Divulgação No inquérito policial, houve o indiciamento de Silva e de Kupstaitis por lesão corporal de natureza leve. Silva também foi indiciado por desobediência por resistir à prisão. A defesa de Everton diz que "lamenta a conclusão prematura do inquérito e mesmo da sindicância". Ao longo da semana, a RBS TV procurou Sérgio, que não respondeu aos contatos. A Polícia Civil afirma que ele não constituiu defesa no caso. Já a sindicância da BM que apurou a conduta dos policiais militares (PMs) afirma que não houve agressão nem racismo por parte dos agentes, portanto, que não houve crime militar ou crime comum. No entanto, a sindicância apontou que houve uma transgressão disciplinar quando os policiais permitiram que Kupstaitis fosse ao apartamento sozinho e não o levaram detido no porta-malas da viatura, da mesma forma que Silva foi levado. Kupstaitis foi conduzido a uma delegacia no banco traseiro de uma viatura. Motoboy e morador indiciados por lesão corporal após ocorrência em Porto Alegre Reprodução/Renato Tonin Borges VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/02/24/video-mostra-briga-entre-morador-branco-e-motoboy-negro-em-porto-alegre.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. Canudinho

Gusttavo Lina, Ana Castela

top2
2. Barulho do Foguete

Zé Neto e Cristiano

top3
3. Solteiro Forçado

Ana Castela

top4
4. Leão

Marilia Mendonça

top5
5. Mala dos Porta-mala

Gusttavo Lima

Anunciantes